Como funcionam as barras estabilizadoras?

   As barras estabilizadoras são parte integrante do sistema de suspensão de um carro. Às vezes também são chamadas de barras anti-balanço. O seu propósito é tentar manter o chassi do carro sem "girar"  numa curva fechada.      

  Pense no que aconteceria a um carro numa curva fechada. Quando se encontra dentro de um carro e faz uma curva fechada nota que seu corpo é puxado para a parte externa da curva, o mesmo acontece com todas as partes do carro. Então, a parte do carro do lado externo da curva é puxada para baixo em direção à estrada e parte do carro no lado interno da curva é levantada. Em outras palavras, o chassi do carro "gira" 10, 20 ou 30º para o lado externo da curva. Se fizer uma curva muito rápida, os pneus no lado interno levantam-se da estrada e o carro capota.

 

    "Girar" não é muito agradável, isso tende a colocar mais peso nos pneus externos e menos peso nos pneus internos, reduzindo a tracção e atrapalhando a direcção. Para que o peso fique distribuído equilibradamente nos quatro pneus durante uma curva, é necessário que o chassi do carro permaneça na horizontal. Uma barra estabilizadora tenta manter o chassi do carro na horizontal movendo a força de um lado do carro para o outro. Para descrever como funciona a barra estabilizadora, imagine um bastão de metal de 2 a 5 cm de diâmetro, se a distância entre os seus
pneus dianteiros for de 1,6 metros, faça o bastão de 1,2 metros. Anexe o bastão à estrutura do carro na frente dos pneus dianteiros, mas faça-o de modo que possa rodar, agora anexe as hastes do bastão na suspensão dianteira nos dois lados.

      Quando entrar  numa curva, a suspensão dianteira do lado externo será puxada para cima. A haste da barra do amortecedor é puxada para cima e isto aplica uma torção ao bastão. A torção, então, move a haste na outra extremidade do bastão,  fazendo que a suspensão no outro lado do carro  comprima também, e assim o chassi do carro tende a ficar na horizontal durante a curva.

 

      Se não tiver uma barra estabilizadora, então terá muitos problemas com o chassi "girando" nas curvas. Mas se tiver muitas barras estabilizadoras, tende a perder a independência entre os membros da suspensão nos dois lados do carro. Nesse caso quando uma roda atinge algo, a barra estabilizadora transmite o impacto também ao outro lado do carro, e isto não é o que certamente algo que desejaria. O ideal é encontrar um ajuste que reduza a força de torção no chassi mas não altere a independência dos pneus.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

ONLINE

Temos 52 visitantes e Nenhum membro online